05.11.2018 | 06h26

‘É tratorar’, diz filho de Bolsonaro

Em entrevista exibida neste domingo ao programa Poder em Foco, do SBT, Eduardo Bolsonaro (PSL), filho de Jair Bolsonaro reeleito deputado federal de São Paulo com a maior votação do País, diz que o pai poderá ampliar as regras para a posse e concessão de porte de armas por decreto, e não por projeto de lei.

Ele admitiu que não será possível votar a reforma da Previdência ainda neste ano, afirmou que ela será a prioridade do início do governo e que o perfil do futuro presidente da Câmara tem de ser o de um trator. “A gente sabe como vai ser a posição da esquerda. Bastou Bolsonaro ser eleito e eles já falaram que vão fazer de tudo para desestabilizar. Acho que no 1º de janeiro já tem pedido de impeachment para ser impetrado. Então com esse tipo de oposição, não tem como dar ouvidos, é tratorar.”


VOLTAR PARA O ESTADÃO