26.04.2018 | 07h46

É simplesmente ridículo

A prova existe, todo mundo conhece, mas não pode ser utilizada. Reduzida a essa formulação, como faz Carlos Alberto Sardenberg em sua coluna no Globo, a decisão da Segunda Turma do STF realmente se mostra aquilo que ele diz ser, no texto: simplesmente ridícula.

“Estamos perdendo a noção do ridículo. Só pode ser isso. Estamos tratando como normais certas situações — na política, na economia, no Judiciário — que são simplesmente ridículas.”


VOLTAR PARA O ESTADÃO