28.11.2018 | 09h08

É preciso estar atento

“A campanha adquiriu características de plebiscito nacional. A disputa ultrapassou os limites da Presidência da República”, escreveu Almir Pazzianoto Pinto no Estadão.

O colunista faz um raio-x dos perfis dos candidatos que disputaram o segundo turno das eleições e afirma que o presidente eleito, Jair Bolsonaro, precisa estar atento, pois as legiões petistas vão lutar durantes os próximos quatro anos pelo poder que o povo lhes tirou.


VOLTAR PARA O ESTADÃO