08.10.2018 | 08h21

É possível reinventar o Brasil?

“A agenda de reformas está posta desde 1994. Mas avança aos soluços e ao sabor das circunstâncias e da imensa dificuldade de obter consenso. A dificuldade de reformar o Brasil decorre do fato de haver duas frentes de interesses simultâneas que lutam entre si e contra a cidadania”, escreveu Murillo de Aragão no Estadão.

Para o colunistas, apenas a participação vertical e continuada da sociedade poderá servir como vetor de reinvenção do País.


Mais conteúdo sobre:

reiventarBrasil
VOLTAR PARA O ESTADÃO