06.07.2018 | 18h16

Dúvidas no acordo Embraer-Boeing

O acordo entre Embraer e Boeing para a compra da divisão de jatos da empresa brasileira suscitou dúvidas do mercado e levou à queda das ações da companhia, mas, segundo a análise de Míriam Leitão, a empresa poderia não sobreviver sem esse negócio. “Ainda não se sabe, por exemplo, se o governo ficará com a golden share, a ação que permite vetar algumas mudanças na companhia. No final das contas, a conclusão do negócio deve ficar para 2019”, escreve a colunista do Globo.


Notícias relacionadas
VOLTAR PARA O ESTADÃO