13.11.2018 | 13h37

Doutrinação nas salas de aula?

“O Escola Sem Partido funcionará como uma mordaça aos professores, que se sentirão permanentemente vigiados e passíveis de punição se demonstrarem qualquer preferência ideológica e política”, escreveu Joel Pinheiro da Fonseca na Folha.

Para o colunista, é uma pena que estejamos discutindo um projeto “tão mal formulado” como este. Melhor seria se na pauta estivessem medidas propositivas para melhorar a educação no País.


VOLTAR PARA O ESTADÃO