30.04.2018 | 12h42

“Doutor” gerenciava a parte do “Nine”

Outra contribuição de Renato Duque à escabrosa narrativa de desvios na Petrobras se dá no capítulo apelidos. Quando ele narra o encontro com Lula que teve, intermediado por Paulo Bernardo, diz que o ex-ministro afirmou que o “Nine” gostaria de lhe falar. É uma referência ao fato de o ex-presidente ter nove dedos.

Antonio Palocci seria o “Doutor”, ou só “Doutor Antonio”, encarregado de “gerenciar” a parte de Lula na divisão do butim dos estaleiros. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO