18.02.2019 | 11h44

Doria sem hegemonia na Alesp?

O governador João Doria (PSDB) se elegeu com a imagem forjada no bolsonarismo, mas pelo andar da carruagem na Assembleia Legislativa de São Paulo, PSDB e PSL vão seguir caminhos distintos em busca do mesmo objetivo.

Como os tucanos fecharam acordo com o PT para manter o comando do parlamento estadual, o partido da candidata Janaina Paschoal (PSL) deve ficar fora da Mesa Diretora e das comissões temáticas.  O líder da legenda Gil Diniz reclamou ao Valor. “Por um boicote do PSDB, o PSL deve ficar fora da presidência das comissões. Mas não estamos preocupados com isso. Vamos ser independentes e vai ser a primeira vez em muitos anos que o PSDB não vai ter hegemonia no Legislativo”, afirma. “Doria não deve ter vida fácil (na Assembleia)”, diz o líder do PSL.


Mais conteúdo sobre:

João DoriaPSLAlesp
VOLTAR PARA O ESTADÃO