11.02.2019 | 15h10

Doria quer evitar aperto em 2022

Preocupado com o orçamento apertado e mirando a eleição de 2022, o governador João Doria (PSDB) prepara uma série de medidas para evitar um sufocamento dos investimentos no Estado de São Paulo. O quadro atual aponta para um cenário em que 70% da arrecadação paulista seria gasta com aposentadorias, salários e auxílios de servidores daqui a quatro anos, em seu último ano do atual mandato.

A lista de prioridades inclui um ajuste no sistema de Previdência, a abertura do capital de empresas estatais ao setor privado, como a Sabesp, e foco em privatizações e em parcerias público-privadas. A mudança nas aposentadorias deve ficar para depois da aprovação da reforma federal, prevista para o primeiro semestre deste ano no Congresso, informou a Folha.


VOLTAR PARA O ESTADÃO