31.03.2019 | 18h41

Doria muda tom para ser mais influente no debate nacional

Depois de se eleger governador em São Paulo levando para a campanha um forte discurso antipetista e colando na popularidade do bolsonarismo, João Doria já começa a modular suas ações e declarações na tentativa de influir no debate nacional, segundo informa reportagem de Pedro Venceslau e Paulo Beraldo no Estadão. Como pano de fundo dessa mudança, o olhar voltado para a sucessão presidencial de 2022.

Nessa mudança de perfil, Doria detectou que um estilo mais moderado poderia lhe afirmar como uma voz da razoabilidade no meio do radicalismo que tomou conta dos debates entre grupos de direita e esquerda e também depois da brigalhada entre Jair Bolsonaro com líderes do Congresso, como o presidente da Câmara, Jair Bolsonaro. Segundo s reportagem, Doria “parou de criticar sistematicamente o PT, se aproximou de governadores de esquerda e adotou uma distância regulamentar em relação a Jair Bolsonaro – e das crises provocadas pelo presidente”.

 


Mais conteúdo sobre:

João Doria
VOLTAR PARA O ESTADÃO