17.08.2018 | 06h13

Doria defende mulher de ataque de Marinho

João Doria teve que utilizar seus destaques finais no debate entre os candidatos ao governo de São Paulo para defender sua mulher, Bia Doria, de acusações feitas por Luiz Marinho, nome do PT ao Palácio dos Bandeirantes. “Tenho muito orgulho da minha esposa e de proteger e amparar as mulheres.” A mulher do ex-prefeito teve que depor em inquérito que investiga se houve uso de recursos públicos na iluminação do santuário Theotokos, de padre Marcelo Rossi.

“Deixei claro ao final do debate que protesto em relação a essa forma de desrespeitosa de tratamento”, afirmou Doria.


VOLTAR PARA O ESTADÃO