03.09.2018 | 20h57

Doria contra propagandas

João Doria não gostou das propagandas de seus dois principais adversários ao governo do Estado, Márcio França (PSB) e Paulo Skaf (MDB). Do atual governador, o tucano tentou tirar uma peça que traz uma marchinha de carnaval falando de sua renúncia ao cargo de prefeito de São Paulo. O TRE-SP negou, afirmando que é permitido peças criticando adversários.

Já contra o emedebista, vitória de Doria. A coligação do tucano alegou que ao menos cinco publicações da página de Skaf no Facebook foram impulsionadas de forma irregular, sem o CNPJ da candidatura e da expressão “Propaganda Eleitoral” e que foram pagas por Antoine Skaf, filho do candidato. O TRE-SP determinou que a campanha de Skaf e a plataforma parem de impulsionar de forma irregular as postagens.


VOLTAR PARA O ESTADÃO