19.05.2018 | 12h31

Dono da Dolly é solto

Após ficar oito dias preso, o dono da Dolly, Laerte Codonho, foi solto na noite da última sexta-feira (18).  Ele foi preso acusado de fraude fiscal, mas disse estar sendo vítima de uma perseguição da concorrente Coca-Cola.  Ele terá que se apresentar mensalmente à Justiça e não poderá falar com outros investigados. A informação foi dada pelo Jornal da Globo.


Mais conteúdo sobre:

Justiça
VOLTAR PARA O ESTADÃO