24.03.2018 | 11h50

Dodge retém suspeição de Gilmar há 171 dias

A procuradora-geral da República Raquel Dodge retém há 171 dias a suspeição do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes no julgamento de casos envolvendo Jacob Barata Filho, informa o jornal O Globo. O tempo médio costuma ser de 30 dias.

Em outubro do ano passado, Dodge pediu vistas ao pedido feito por Rodrigo Janot com o objetivo de impedir que Gilmar atuasse em casos envolvendo o empresário de transportes por conta de supostos vínculos pessoais —o ministro foi padrinho de casamento da filha de Jacob Barata.


Mais conteúdo sobre:

Raquel Dodgegilmar mendes
VOLTAR PARA O ESTADÃO