01.11.2018 | 12h26

Do Marcelo: Bolsonaro pagou para ver

No início da semana, questionei aqui no BR18 se caberiam dois “mitos” como Jair Bolsonaro e Sérgio Moro dentro de um só governo. A perspectiva de o juiz virar ministro da Justiça se tornou realidade hoje e mostra que Bolsonaro, talvez embalado pela vontade de fazer um governo realmente diferente, decidiu bancar um jogo alto ao colocar dentro da equipe alguém com um protagonismo, no mínimo, igual ao seu.

Os dois convergem na decisão de colocar o combate à corrupção como agenda central do novo governo. Neste ponto, trata-se de claro acerto, já que esse foi um dos pilares da campanha de Bolsonaro. O risco está nas eventuais divergências. Moro está preparado para aceitar todas as instruções do chefe presidente? E Bolsonaro? Dará carta branca para todas as ações do novo ministro? Mesmo que elas atinjam algum de seus aliados? E se os dois brigarem, o governo implode? Sabendo disso tudo, o fato é que Bolsonaro hoje pagou para ver. /Marcelo de Moraes


VOLTAR PARA O ESTADÃO