14.01.2019 | 16h12

Do Marcelo: Acabar com sabatina é ruim, mas a maioria é para inglês ver

O presidente Jair Bolsonaro deu hoje uma canetada e acabou com a necessidade de se fazer sabatina no Senado para aprovar a escolha de diretores do DNIT. É ruim terminar com um mecanismo de controle que ajuda a verificar a competência e capacidade de um postulante ao cargo. Mas, vamos combinar uma coisa: as sabatinas de autoridades no Senado viraram quase uma mera formalidade e raramente fazem cobranças pertinentes aos sabatinados.

Talvez com a decisão tomada por Bolsonaro, os senadores se mobilizem para reverter a medida e passem a levar a sério as futuras sabatinas. Ou abram a porreira de vez para o fim desse sistema de controle, o que seria um desastre já que cargos como os de ministro do Supremo passam por ali.  /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO