05.04.2018 | 12h16

Do Fucs: Gilmar e o chororô dos derrotados

As declarações do ministro Gilmar Mendes nesta quinta-feira, 5, sobre o resultado do julgamento do habeas corpus de Lula pelo STF, mostram que, independentemente de seu ponto de vista, ele não é um bom perdedor. Voto vencido no plenário da Corte, ele cai atirando contra os vencedores, em vez de aceitar serenamente o veredito.

Seu chororô contra o encaminhamento da questão pela presidente do STF, Cármem Lúcia, revela um inconformismo com a decisão da maioria e com as regras do jogo que não ficam bem para um ministro que se considera um democrata. Caberá a Cármem Lúcia continuar a resistir à pressão dos colegas que querem virar a mesa e abrir o caminho para que a impunidade prospere no País. José Fucs


Mais conteúdo sobre:

gilmar mendesSTFLulaCármem Lúcia
VOLTAR PARA O ESTADÃO