25.05.2018 | 20h03

Do Fucs: Dilma, o retorno (2)

Ao alcançar a liderança na disputa para o Senado em Minas Gerais, segundo sondagem divulgada pela Paraná Pesquisas nesta sexta-feira, 25, Dilma pode não apenas garantir a confirmação de seu nome na disputa pelo PT. Alguns analistas dizem que ela pode alçar voos mais altos e se tornar a representante do partido na disputa presidencial, caso Lula não possa participar do pleito.

Num levantamento feito pela Paraná Pesquisas em 25 Estados e no Distrito Federal em dezembro de 2017, Dilma apareceu como a opção preferida dos eleitores de Lula, com apoio de 28% dos entrevistados, para ser a candidata do PT na ausência do ex-presidente. Ela também foi a melhor colocada entre as alternativas petistas, com 13,4% das intenções de voto, nas pesquisas para a Presidência sem a participação de Lula. Depois de Dilma 1 e Dilma 2, já imaginou o que seria ter de enfrentar Dilma 3? / José Fucs


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

minasDilmaPTParaná Pesquisas
VOLTAR PARA O ESTADÃO