23.08.2018 | 21h02

Do Fucs: Bolsonaro preservado na zona de conforto (1)

A provável ausência de Jair Bolsonaro nos debates com os presidenciáveis neste primeiro turno das eleições, anunciada nesta quinta-feira, 22, gerou muita controvérsia. Seus adversários não perderam a oportunidade de criticá-lo e foram direto na jugular. Mas, apesar do viés antidemocrático da decisão, ela não faz de Bolsonaro um E.T. na história eleitoral do País, goste-se dele ou não. Também não significa, necessariamente, que ele vai perder pontos ou se desgastar por causa disso.

Em todas as campanhas desde a redemocratização, quem liderava as pesquisas ou já estava no poder faltou a debates no primeiro turno — e, mesmo assim, venceu a eleição. Cada um tinha suas razões para faltar aos debates e Bolsonaro certamente tem as suas agora. (continua) / José Fucs

 


Mais conteúdo sobre:

BolsonarodebatesIbope
VOLTAR PARA O ESTADÃO