27.07.2018 | 09h42

Garotinho na corda bamba

Acusado de desviar R$ 234,4 milhões da Secretaria estadual de Saúde entre 2005 e 2006, Anthony Garotinho (PRP) teve seus direitos políticos suspensos por oito anos. Como informa O Globo, a condenação do Tribunal de Justiça do Rio veio às vésperas da convenção que deve confirmar sua candidatura ao governo do Estado.

Ainda assim, há polêmica sobre a inelegibilidade ou não do ex-governador, pois a ação é por improbidade administrativa e a defesa argumenta que não houve enriquecimento ilícito.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO