05.09.2018 | 18h30

Dinheiro para museu tarda, mas chegará

Pegar fogo fez bem as finanças do Museu Nacional. Se antes o prédio histórico e a valiosa coleção viviam às mínguas, agora todo mundo quer colocar o seu quinhão nas ruínas da Quinta da Boa Vista. Segundo o Broadcast Político, agora empresas e bancos se comprometem com o governo federal a ajudar na reconstrução do patrimônio histórico.

“Nós atendemos a uma convocação do Presidente da República e nos dispusemos a participar financeiramente desse importante projeto”, afirmou o presidente da Febraban (Federação Brasileira de Bancos), Murilo Portugal após participar de uma reunião com o presidente Michel Temer.


VOLTAR PARA O ESTADÃO