15.11.2018 | 13h19

Dinheiro do pré-sal para os Estados

Paulo Guedes fez um aceno aos governadores eleitos: prometeu que os recursos obtidos com o leilão do megabloco do pré-sal serão divididos com os Estados. O anúncio foi feito aos governadores reunidos em Brasília na quarta-feira pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB), que prometeu colocar em votação na semana que vem o projeto que regulamenta o leilão da cessão onerosa. A estimativa é que a venda dos blocos pode render R$ 100 bilhões, que seriam usados para reduzir a dívida da União e poderiam também ajudar os Estados, muitos dos quais estão quebrados.


VOLTAR PARA O ESTADÃO