21.09.2018 | 18h42

Dilma presidindo o Senado? Não vai rolar

Há um grupo de petistas que acha que seria um grande gesto se o partido trabalhasse para fazer de Dilma Rousseff a próxima presidente do Senado, caso Fernando Haddad se eleja presidente. Assim, a Casa que sacramentou seu impeachment em 2016, lhe daria o comando em 2019. A bem da verdade, Dilma não está movendo uma palha nesse sentido.

Mas não vai rolar. O MDB deverá ter dois pré-candidato fortes ao comando da Casa: Romero Jucá, que tem apoio interno, e Renan Calheiros, que se alinhou ao PT. E o MDB sabe que sua força política está nos espaços de influência de poder que ocupa. Aliados de Dilma podem até sonhar com o movimento a seu favor, mas os emedebistas sempre se mexem melhor. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Dilma Rousseff
VOLTAR PARA O ESTADÃO