13.03.2019 | 10h46

Dilma: ‘Alguém contratou os atiradores para matá-la’

A ex-presidente Dilma Rousseff usou sua conta no Twitter para comentar as prisões feitas na terça-feira, 12, referentes ao caso Marielle Franco e Anderson Gomes. A petista acredita na tese de que os assassinatos foram encomendados. “Marielle não foi morta porque os atiradores não gostavam dela. Alguém os contratou para matá-la. O crime só estará realmente esclarecido quando os mandantes forem presos”, escreveu.


Em uma segunda mensagem, Dilma disse que: “Afirmar que as mortes de Marielle e Anderson podem ter sido ‘crime de ódio’, como disseram os investigadores, é como admitir que 2 dos maiores matadores de aluguel do Rio são suscetíveis a sentimentos pessoais em relação às suas vítimas”.

Mais conteúdo sobre:

Dilma Rousseffcaso Marielle FRanco
VOLTAR PARA O ESTADÃO