18.09.2018 | 20h07

Dias: ‘Voto útil é atestado de burrice’

Enquanto a maioria dos candidatos prega o chamado “voto útil” (alguns para impedir a vitória de Jair Bolsonaro, outros ameaçando com o retorno do PT ao Planalto), Alvaro Dias vai na direção contrário. Habitando entre os nanicos nas pesquisas de intenção de voto, o candidato do Podemos disse que assinar o voto útil é “assinar um atestado de burrice”.

“Há uma campanha em curso que é a estratégia do voto útil, que não é o voto inteligente. A estratégia do voto útil deseduca, é dizer ‘não vote no melhor’. É preciso votar no melhor, devemos escolher o melhor. É por isso que existem dois turnos”, afirmou Dias. “A estratégia do voto útil, me perdoem, não é inteligente. Quem assina o voto útil assina um atestado de burrice”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO