27.10.2018 | 12h28

Dias Toffoli como ‘árbitro’

O presidente do STF, Dias Toffoli, defendeu neste sábado, 27, um pacto com os Três Poderes e a sociedade civil na reta final desta disputa presidencial tão polarizada. Investido da posição de árbitro, afirmou ao jornal O Globo que é preciso fazer uma reforma previdenciária e tributária/fiscal e da segurança pública.

“O Supremo Tribunal Federal exercerá o importante papel de árbitro dos eventuais conflitos, garantindo a solidez, a segurança jurídica e a paz social, função última da Justiça”, afirmou o ministro.


Mais conteúdo sobre:

Dias ToffoliSTFeleições
VOLTAR PARA O ESTADÃO