08.09.2018 | 17h38

‘Deus o livre aquela pessoa tivesse uma arma’

Marina Silva comparou neste sábado, 8, o atentado contra Jair Bolsonaro com o assassinato de Marielle Franco e os tiros dados contra um ônibus da caravana do ex-presidente Lula. “Fico pensando: Deus o livre aquela pessoa tivesse uma arma de fogo, o que poderia ter acontecido”, disse a presidenciável da Rede, informa o Estadão. Ela ainda defendeu o uso do respeito contra a violência e disse que as eleições 2018 podem encerrar o ciclo de polarização no qual o País entrou.


Mais conteúdo sobre:

Marina Silvaeleições
VOLTAR PARA O ESTADÃO