01.09.2018 | 00h16

Destaques do dia: TSE retira Lula da eleição

Dia 31 de agosto será um dia lembrado com amargor pelos petistas. Bem no aniversário de dois anos do afastamento definitivo de Dilma Rousseff da Presidência da República, o TSE decidiu barrar Lula como candidato ao Palácio do Planalto. A maioria dos ministros do TSE optou por seguir o relator, Luís Roberto Barroso, e indeferir o registro do ex-presidente. Na sexta-feira começou também o horário eleitoral gratuito. Os candidatos do PT não perderam a chance de levar Lula para a televisão antes da decisão do TSE. Até mesmo políticos ligados a Lula de outros partidos, como Renan Calheiros, utilizaram a imagem do ex-presidente em suas propagandas. Em São Paulo, João Doria repete a promessa de que irá devolver seu salário caso seja eleito governador de São Paulo. Michel Temer volta atrás e deixa o aumento dos servidores do Executivo para 2020.

Para ficar por dentro dos conteúdos mais importantes de cada dia na política, assine a newsletter do BR18!

É só deixar seu e-mail no campo ‘Newsletter’, na barra da direita do site, para receber nossas mensagens  com curadoria das notícias do dia.

 

VOLTAR PARA O ESTADÃO