07.01.2019 | 23h00

Destaques do dia: Afagos no governo

Após a bateção de cabeça da última sexta, a segunda-feira foi dia de Paulo Guedes trocar afagos com Jair Bolsonaro. Aproveitando as posses dos presidentes do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, o ministro da Economia rechaçou qualquer ruído nas relações tanto com o presidente (responsável pelo fogo no paiol após falar demais sobre o IOF, IR e a idade mínima para aposentadoria) quanto com Onyx Lorenzoni. Bolsonaro por sua vez também enalteceu publicamente seu “Posto Ipiranga”. Bom para o próprio presidente, bom para Guedes e bom para o governo.

Quem fingiu que não era com ele ao ouvir críticas a seus trabalhos passados foi o novo presidente do BNDES, Joaquim Levy. O ex-ministro de Dilma Rousseff já ouviu várias críticas à política econômica, corrupção e uso político das políticas de crédito e fez cara de paisagem.

Já Rodrigo Maia vai criando seu próprio latifúndio partidário em torno de sua candidatura à presidência da Câmara. Nesta segunda-feira, PSDB e PR fecharam apoio ao democrata e cresceu o flerte com o PCdoB. E a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, botou a boca no trombone nas redes sociais. Criticou a “despetização” da Casa Civil, disse que não conseguirão tirar o PT da vida do País e ainda atacou o quietinho Ciro Gomes.

Quer saber mais? Receber as principais notícias do BR18 no seu e-mail? É só se cadastrar na nossa newsletter, na caixa que fica na coluna da direita aqui do site.


Você vai receber um e-mail por dia com os assuntos mais importantes sobre a política nacional.

VOLTAR PARA O ESTADÃO