07.01.2019 | 08h21

‘Despetização’ bagunça área técnica da Casa Civil

A propalada “despetização” promovida por Onyx Lorenzoni na Casa Civil, com a demissão imediata e sem critério individualizado de mais de 300 funcionários, desarticulou o corpo técnico da pasta e ajudou na bateção de cabeça do episódio do decreto que Jair Bolsonaro disse ter assinado elevando o IOF para aplicações no exterior.

Reportagem da Folha mostra que a discussão sobre o decreto ocorreu concomitantemente às exonerações. Técnicos da pasta ficaram temerosos em assinar pareceres sobre os impactos fiscais da prorrogação de benefícios da Sudam e da Sudene. Foi tomada a decisão de aumentar o IOF e, horas depois, ela foi alterada. Houve, então, a necessidade de se redigir novo decreto, com novas justificativas.


VOLTAR PARA O ESTADÃO