07.11.2018 | 16h35

Desgaste antes da hora

Jair Bolsonaro só assume a Presidência em janeiro, mas, para todos os efeitos, todos os anúncios que faz sobre o futuro governo já entram na sua conta imediatamente. Para o bem e para o mal.

Como não tomou posse ainda, o presidente eleito não tem o poder de usar a caneta para autorizar medidas. Mas basta que fale algo ou mude de ideia sobre alguma proposta para que contabilize o desgaste. Um experiente parlamentar avalia que Bolsonaro não deveria fazer anúncios oficiais antes de ter 100% de certeza sobre eles. Sob pena de começar a gastar sua gordura de popularidade antes mesmo de sentar na cadeira de presidente. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Bolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO