27.07.2018 | 21h32

Desembargadora quer ‘revolução’ por causa do Facebook

A desembargadora Marília de Castro Neves, que ficou conhecida por ter compartilhado uma “fake news” sobre a vereadora Marielle Franco, voltou a dar uma opinião polêmica. Segundo o jornalista Ancelmo Goés, de O Globo, Marília está conclamando “às armas” os cidadãos por causa da decisão do Facebook de remover páginas e perfis, alguns ligados ao MBL. Ela afirma que estamos vivendo uma “ditadura comunista” e reclama também das urnas eletrônicas.

“É hora de parafrasearmos os franceses na Revolução de 1789: ÀS ARMAS, CIDADÃOS!!! FORMAI VOSSOS BATALHÕES!!!”, escreveu, segundo Goés.


VOLTAR PARA O ESTADÃO