26.09.2018 | 17h01

Desdenham, mas compram

Não há candidato que queira ter imagem associada à do presidente Michel Temer, mas quando se trata do Legislativo, o comportamento é o oposto. A bancada do PSL na Câmara, de Jair Bolsonaro, por exemplo, ficou ao lado do governo em 86,8% das votações realizadas desde o início da gestão de Temer até junho deste ano.

O PRTB, do candidato a vice Hamilton Mourão, em 97,9%. O PSDB de Geraldo Alckmin, em 90,1%. É o que mostra o pesquisador Rafael Câmara, no Observatório das Eleições, nesta quarta, 26.


VOLTAR PARA O ESTADÃO