14.08.2018 | 07h32

Desarmamento divide candidatos

Os presidenciáveis divergem quanto à política de desarmamento. Um dos principais temas da candidatura de Jair Bolsonaro, a flexibilização da proibição da venda e do porte de armas não é consenso entre os demais postulantes à Presidência. O jornal O Globo detalha o plano de governo de cada um para essa área –que tem encontrado forte apelo junto a uma parcela do eleitorado.

Reportagem do jornal mostra que a procura por armas disparou com o recrudescimento do discurso anti-desarmamento, e o controle do governo para fazer valer as restrições do desarmamento é falho.


VOLTAR PARA O ESTADÃO