27.07.2018 | 16h21

Dersa move ação contra ex-diretor

A Dersa moveu uma ação de improbidade administrativa na Justiça paulista na qual pede a condenação de seu ex-diretor Paulo Vieira de Souza pelo suposto desvio de R$ 374,9 mil no programa de reassentamento de famílias nas obras do trecho sul do Rodoanel, concluído em 2010, informa o Estadão.

Em junho, o MP paulista encaminhou à estatal um ofício cobrando a ação de ressarcimento sob pena de a empresa ser enquadrada como corresponsável em uma eventual ação de improbidade movida pela Promotoria. Souza foi diretor da estatal nos governos José Serra e Geraldo Alckmin.


VOLTAR PARA O ESTADÃO