15.11.2018 | 16h19

Deputado sai em defesa de novo chanceler

Quem saiu em defesa de Ernesto Araújo após o ex-chanceler Celso Amorim chamar de “retrocesso medieval” a escolha de Jair Bolsonaro foi o relator da reforma trabalhista na Câmara dos Deputados, Rogério Marinho. “A liturgia do Itamaraty pressupõe mínimo de civilidade entre seus membros. A fala de Amorim é uma demonstração cabal do acerto de Bolsonaro e do grau de aparelhamento de nossa política externa”, escreveu em seu Twitter.


VOLTAR PARA O ESTADÃO