29.05.2018 | 12h02

Denunciado por Dilma na mira do MPF

O Ministério Público Federal denunciou dois ex-agentes de repressão da ditadura militar, sendo um deles acusado pela ex-presidente Dilma Rousseff, por morte e ocultação de cadáveres de dois militantes de esquerda em 1970. A informação é do jornal O Globo.

“As execuções não eram atos isolados, mas sim uma verdadeira política de Estado, chancelada pela Presidência, que não apenas estava ciente, mas a coordenava e, a partir de 1974, passava a exigir autorização prévia”, escreveu o procurador da República Andrey Borges de Mendonça na denúncia.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO