17.04.2018 | 19h15

Demóstenes contou com Mendes, Toffoli e Lewandowski

Na tarde desta terça-feira, 17, a Segunda Turma do STF decidiu que o senador cassado Demóstenes Torres pode ser candidato em outubro.

Ao contrário do que habitualmente acontece, a sessão não foi televisionada, mas, segundo O Globo, a construção do placar favorável a Demóstenes (3 a 2) contou com os votos de Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski. Fachin e Celso de Mello foram os votos vencidos.


VOLTAR PARA O ESTADÃO