05.11.2018 | 15h50

DEM vê ‘voo solo’ de Onyx

A cúpula do DEM se queixa do “voo solo” empreendido pelo futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que não teria ainda sentado com os caciques de seu partido para discutir temas que lhes são caros, como a possível reeleição de Rodrigo Maia à presidência da Câmara.

Dirigentes democratas reconhecem que Lorenzoni fez a “aposta certa” e “ganhou na loteria” ao se juntar às fileiras de Jair Bolsonaro no primeiro momento. Mas afirmam que agora seria o momento de combinar o jogo com o partido. “A quem ele vai recorrer quando precisar?”, questiona um desses líderes. Por seu turno, Lorenzoni costuma dizer que fez tudo que pôde para que o DEM fechasse com Bolsonaro –e não parece muito preocupado em, agora, dar satisfações aos companheiros de sigla. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO