28.04.2019 | 17h45

DEM paulista fechado com tucanos

A convenção do DEM neste domingo mostrou que a parceria com o PSDB no governo do Estado fortaleceu o laço entre os dois partidos: a maioria dos discursos exaltou a reeleição de Bruno Covas para a prefeitura no ano que vem, e houve exortações à candidatura de João Doria Jr. à Presidência em 2022, relata o Estadão.

Ao chegar ao local da convenção, Doria foi saudado pelo locutor Jorge Tadeu Mudalen, ex-deputado e ex-presidente do DEM, como “futuro presidente do Brasil”. O entusiasmo tem razão de ser: a ideia é que o atual vice-governador, Rodrigo Garcia, seja candidato a governador caso Doria saia mesmo à Presidência.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO