21.08.2018 | 11h42

DEM como ‘player’

O DEM não foi extirpado da política brasileira, como um dia desejou Lula, mas, ao contrário, tornou-se um partido de importância “por onde necessariamente passará a estabilidade, seja qual for o presidente a ser eleito”, escreve Raymundo Costa, no Valor.


VOLTAR PARA O ESTADÃO