09.11.2018 | 06h45

DEM com um pé no barco

Contemplado à revelia de sua cúpula com dois partidos no ministério de Jair Bolsonaro –mais que o próprio PSL do presidente — o DEM se anima a, com isso, conseguir apoio do futuro presidente à reeleição de Rodrigo Maia para a presidência da Câmara, relata a Coluna do Estadão. Mas como tudo tem dois lados, ter assegurado desde já a presença da sigla no ministério também pode levar Bolsonaro a achar que pode prescindir de Maia para ter o apoio do DEM. ACM Neto, presidente do partido, até hoje não foi chamado para conversar com o eleito. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO