03.04.2018 | 08h18

Deltan sobre jejum: sou cristão

O procurador Deltan Dallagnol disse que, ao dizer que faria jejum e ficaria em oração até o julgamento do habeas corpus de Lula, o fez em seu “perfil pessoal” no Twitter, fora de suas atribuições como procurador. “Sou cristão. O Estado é laico, não secularista”, declarou, na entrevista à rádio Jovem Pan.


Mais conteúdo sobre:

Deltan DallagnolSTFjejumhc do lula
VOLTAR PARA O ESTADÃO