28.11.2018 | 10h38

Deltan: ‘Indulto será ruína da Lava Jato’

O Procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato, usou a sua conta no Twitter para defender a rejeição  do indulto de Natal concedido pelo presidente Temer no ano passado, que deve ser apreciado nesta quarta-feira, 28, pelo plenário do STF.

“A  Lava Jato analisou situação de 39 corruptos condenados e 21 serão perdoados pelo indulto de Temer, caso o STF não o derrube. Isto é, mais de 50% desses condenados por corrupção sairão pela porta da frente da cadeia. Isso seria a ruína da Lava Jato, o fim da linha”, afirmou. / J.F.


Mais conteúdo sobre:

indulto Deltan Lava Jato STF Temer corrupção
VOLTAR PARA O ESTADÃO