02.04.2018 | 10h44

Delação da OAS empacada há dois anos

Neste 2 de abril faz exatos dois anos que José Luís de Oliveira Lima assumiu a defesa de Leo Pinheiro com o objetivo de encaminhar a delação premiada do ex-presidente da OAS e demais executivos do grupo.

Desde então a delação foi paralisada por Rodrigo Janot, teve as negociações retomadas, chegou a ser quase fechada, mas segue empacada. A defesa ainda acredita que o acordo –que pode corroborar o que executivos da Odebrecht disseram sobre Lula– ainda sai neste ano. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO