12.01.2019 | 17h46

Defesa de Queiroz diz que dança ‘foi momento de descontração’

Em nota oficial, a defesa de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro, disse que o vídeo em que ele aparece dançando foi filmado “no raro momento de descontração na visita deles no Albert Einstein”, segundo informa a repórter Constança Rezende, do Estadão. O advogado Paulo Klein, que defende Queiroz, acrescentou que “ele passaria por uma grave cirurgia nas horas seguintes, inclusive com risco de morte”. O vídeo da dancinha causou mal estar entre aliados do presidente Jair Bolsonaro e provocou críticas da oposição.

Klein disse ainda que o vídeo teria sido gravado ano dia 31 de dezembro à meia noite. “Dentro do contexto humanamente compreensível, pois trata-se de uma data comemorada universalmente”, alegou o advogado.


Mais conteúdo sobre:

Fabrício Queiroz
VOLTAR PARA O ESTADÃO