30.08.2018 | 07h43

Defesa de Bolsonaro quer arquivamento no STF

A defesa de Jair Bolsonaro entrou com um pedido no STF para que a Corte declare extinta sua punibilidade na ação penal em que é réu por injúria e apologia ao crime de estupro. Os advogados do candidato alegam que a deputada Maria do Rosário, que é parte do processo, “deixou de comparecer a todos os atos instrutórios realizados”, apesar do ministro Luiz Fux ter designado datas para as inquirições.

Ao Broadcast Político, a defesa de Maria do Rosário disse não foi intimada da petição. Já a deputada classificou a petição como “mais uma manobra protelatória” da defesa de Bolsonaro.


VOLTAR PARA O ESTADÃO