19.03.2018 | 06h03

De saída, Doria age para evitar ‘desmanche’ da prefeitura

Faça o que eu digo, não faça o que eu faço: João Doria Jr., de saída da prefeitura de São Paulo para disputar o governo, operou pessoalmente para dissuadir os secretários a deixarem as pastas para se candidatarem a deputado estadual ou federal. Funcionou: nenhum integrante do primeiro escalão deve se desincompatibilizar até dia 7 para ser candidato.

Mas e para trabalhar na campanha de Doria? Aí são outros 500. Pelo menos dois auxiliares devem deixar os postos para integrar o comitê do chefe. /V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO