08.10.2018 | 14h28

De reduto aecista a bolsonarista

Com 2.557 habitantes, Nova Pádua (RS) passou de aecista a bolsonarista nesta eleição, mostra o Estadão. Jair Bolsonaro recebeu lá 82,75% dos votos válidos contra 4,48% de Fernando Haddad (PT). No segundo turno de 2014, a mesma cidade deu 88,14% dos votos válidos para o então candidato Aécio Neves (PSDB) contra 11,86% da presidente cassada Dilma Rousseff – marcando, assim, a diferença mais expressiva entre os candidatos. A cidade mais dilmista em 2014, Belaguá, no Maranhão, continuou votando majoritariamente no PT.


Mais conteúdo sobre:

Aécio NevesJair Bolsonaroeleições
VOLTAR PARA O ESTADÃO