16.04.2018 | 18h46

De Mario Vitor: MAM é um bom relator para Bolsonaro

Denunciado por racismo pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, o deputado Jair Bolsonaro (PSL), pré-candidato à Presidência, pode até não ter garantida a sua absolvição, mas não deve lamentar o encaminhamento da relatoria do seu caso para o ministro Marco Aurélio Mello.

Em junho passado, quando a própria Primeira Turma da Corte decidiu torná-lo réu por apologia ao estupro (por conta do episódio envolvendo a deputada Maria do Rosário/PT-RS, quando afirmou que a colega não merecia ser violentada por ele), MAM baseou-se na imunidade parlamentar para votar em favor do deputado. Ainda que depois tenha sido voto vencido. / M. V.


VOLTAR PARA O ESTADÃO